Custo de instalação cai e energia solar é a melhor opção em fonte renovável


Houve um aumento de 63% no crescimento de adeptos da energia fotovoltaica, mesmo em meio a pandemia do novo Coronavírus. Entre 2019 e 2020, a geração de energia subiu de 4,6 gigawatts (GW) para 7,5 GW. Um alerta sobre o potencial da energia solar.


Os dados são da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) e da Associação Brasileira de Energia Solar (Absolar) que ainda prevêem um aumento na capacidade, contando com a instalação de novas usinas solares e os sistemas instalados em residências e empresas gaúchas.


A energia solar teve seu preço reduzido em 80% no Brasil desde 2012. Nesse período, passou de US$ 100 o megawatt-hora para cerca de US$ 20. O preço fica abaixo do custo de todas as outras fontes renováveis, com exceção da geração eólica.


O Rio Grande do Sul está na terceira posição nacional como o Estado com maior potência instalada de energias renováveis, agregando 12,4% na capacidade. O país possui um altíssimo potencial solar, com incidência o ano inteiro. Mesmo em meio a esta realidade, apenas 1,4% da oferta de energia elétrica foi gerada por fonte solar em 2019.


Pequenas e médias empresas


O engenheiro eletricista da Proinst, Fernando Knecht, explica que esse é o momento certo para investir, onde as condições estão mais propícias e os interessados contam com políticas de incentivo.


“Hoje o setor comercial e residencial são os de maior procura. Isso porque acabam tendo um retorno do investimento mais rápido do que a indústria, que é atendida em média tensão com demanda contratada”, destaca.


Sustentabilidade financeira e ambiental


Seja para sua casa ou seu negócio, a energia solar é garantia de otimização de custos a longo prazo. Ideal para pequenos empreendedores que buscam soluções economicamente eficazes, além de contribuir com a diminuição de emissão de CO2 na atmosfera e consolidando o compromisso ambiental.


Nós separamos um conteúdo que pode esclarecer suas dúvidas sobre porque a energia solar deve ser um dos seus investimentos em 2021, acesse clicando aqui.