Bandeira vermelha representa aumento na conta de energia

Em comunicado oficial, a ANEEL oficializou o aumento de energia com alteração para bandeira vermelha em agosto, devido a falta de chuvas e diminuição dos reservatórios nas principais hidrelétricas.


A Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL) anunciou nesta semana o aumento na conta de energia. A bandeira tarifária de agosto de 2019 será vermelha, patamar 1.

Isto representa o custo de R$4 por cada 100quilowatts-hora consumidos.

Conforme a justificativa da ANEEL, um dos principais motivos para este aumento é a tradicional seca de agosto, que atinge as principais bacias hidrográficas do Sistema Interligado Nacional (SIN). As previsões meteorológicas preveem poucas chuvas para o período o que resultará na diminuição do nível dos reservatórios.



A variáveis que definem o preço da energia

O valor do quilowatt/hora é definido por algumas variáveis que são analisadas mensalmente.

PLD - Preço da Liquidação das Diferenças: é um valor determinado semanalmente para cada patamar de carga com base no Custo Marginal de Operação, limitado por um preço máximo e mínimo vigentes para cada período de apuração e para cada submercado. Os intervalos de duração de cada patamar são determinados para cada mês de apuração pelo NOS (Operador Nacional do Sistema Elétrico).

GSF - Risco Hidrológico: é a relação entre o volume de energia que é gerado pelas usinas que integram o MRE (Mecanismo de Realocação de Energia) e a garantia física total delas. Somam-se toda a garantia física das usinas que compõem o MRE e toda a energia que foi gerada. Caso o volume elétrico realmente gerado seja menor do que a garantia física, as hidrelétricas têm que pagar a diferença. Esse é o risco hidrológico, estipulado a partir das previsões para as condições de geração, como volume de chuvas, paradas para manutenção.

A partir desta análise é definida a bandeira que vai nortear as cobranças.



Dicas para economizar na conta de energia

Não é novidade, mas algumas atitudes podem diminuir o consumo de energia sem prejudicar a rotina da casa, tente implantar pequenas mudanças no seu dia a dia e economize na conta de energia:

  • Tome banhos mais curtos, selecione a temperatura morna no verão;

  • Verifique as potências no chuveiro e calcule o seu consumo;

  • Não deixe portas e janelas abertas em ambientes com ar condicionado;

  • Mantenha os filtros do ar condicionado limpos;

  • Diminua ao máximo o tempo de utilização do ar condicionado;

  • Coloque cortinas nas janelas que recebem os raios de sol diretamente;

  • Planeje a instalação de um sistema de energia solar, com ele você gera sua própria energia, e diminui consideravelmente a sua conta de energia. Em alguns casos, é possível gerar mais energia do que o próprio consumo da residência ou negócio.


Faça a simulação e descubra rapidamente qual é o tamanho do sistema fotovoltaico que sua propriedade precisa e o valor das parcelas, caso você queira financiar o seu gerador de energia solar. www.proinst.com.br/simuladorenergiasolar



© 2019 por WildnerDesign