Dúvidas frequentes sobre sistemas fotovoltaicoS


Por tratar-se de uma tecnologia inovadora e relativamente recente no mercado acessível para o consumidor em geral, muitos mitos ainda giram em torno da temática da energia solar. Por mais que haja pouca informação e questionamentos em relação aos sistemas fotovoltaicos, a verdade é que é seguro dizer que eles oferecem somente benefícios quando comparados ao consumo de energia oriundo da produção hidroelétrica. Reunimos algumas das principais dúvidas sobre a energia solar para esclarecer alguns pontos sobre essa tecnologia, confira abaixo.


Os sistemas solares produzem energia suficiente no inverno ou em dias nublados?

Sim. As placas solares não são influenciadas pela temperatura do ambiente. Na verdade, a geração de energia ocorre quandos os fótons, partículas de luz solares, entram em contato com as células fotovoltaicas, o que desloca os elétrons e produz uma corrente elétrica. Logo, basta haver luz para haver produção energética, mesmo quando não há incidência direta de raios solares sobre as células. No entanto, um longo dia de verão com céu aberto certamente é mais favorável para que haja abundância de geração de energia.


Se não houver produção suficiente, ficaremos sem energia elétrica?

Não. Em primeiro lugar, é necessário salientar que sistemas bem planejados são capazes de tornarem uma casa, empresa ou indústria 100% autossuficiente em energia. No entanto, o cenário nem sempre é o ideal para que isso ocorra. Felizmente, a energia excedente que é produzida em dias de alta incidência de luz do sol vai para a rede de distribuição e gera créditos para os meses em que a produção solar não for suficiente para suprir a demanda, no caso do sistema on grid. Se não houver produção excedente, o consumo de energia elétrica se dá por meio da rede comum. Também é possível a instalação de um sistema off grid. Isso é, não ligado à rede. Nesse caso, a energia excedente permanece armazenada em baterias para o dias em que a produção não é suficiente para suprir toda a demanda diária.


A energia solar é acessível para o público em geral?

Evidentemente, há um investimento inicial para a instalação do sistema. No entanto, com sua disseminação, a tecnologia se tornou muito mais acessível. As empresas do segmento oferecem diversas condições de pagamento que facilitam a aquisição pelo consumidor final. Além disso, a energia solar é um investimento que, além de se pagar, gera altos índices de economia a longo prazo. Mantendo em vista a diminuição dos custos nas contas energia elétrica, estima-se que o investimento em instalação de um sistema de placas fotovoltaicas se pegue dentro de 4 a 8 anos. Se as células tiverem vida útil de 30 anos, a média internacional, significa que o consumidor terá até 26 anos de energia gratuita.


Mas não há gastos com a manutenção?

Quando produtos de alta qualidade são instalados por uma equipe técnica qualificada, a única manutenção necessária é a limpeza ocasional das placas fotovoltaicas, o que, muitas vezes, é feita pela chuva. No entanto, é necessário escolher com discernimento a empresa fornecedora. Felizmente, hoje o mercado é bem regulamentado e alguns índices podem ajudar no momento da escolha. Por exemplo, o Programa Brasileiro de Etiquetagem de Módulos Fotovoltaicos do Inmetro (PBE) avalia a qualidade dos painéis solares. A classificação vai de A, que designa melhor qualidade, a E, que designa baixa qualidade. Além disso, empresas sérias fornecem certificado de garantia e assistência técnica.

Ainda resta alguma dúvida? Entre em contato conosco. Aproveite, faça uma simulação e tenha uma ideia do tamanho do projeto necessário para sua casa ou empresa e o valor de investimento.

© 2019 por WildnerDesign