As vantagens de ter energia solar em tempos de crise



Tempos de crise como o que vivemos podem nos fazer refletir a respeito da forma como vivemos, como atuamos no mundo e como consumimos. Uma pandemia paralela a um período de seca regional nos mostra como os sistemas dos quais o nosso estilo de vida depende podem não ser tão sólidos assim. Este cenário nos leva a analisar a matriz energética brasileira que ainda é majoritariamente sujeitada às usinas hidrelétricas, que consomem quantidades absurdas de água e dependem de reservatórios com estocagem suficiente para os períodos de seca. Ao observar o panorama do modelo de produção de energia elétrica do país, torna-se claro que é preciso diversificar as fontes de energia limpa e renovável para que a possibilidade de uma crise energética seja cada vez mais remota. Felizmente, esse movimento já foi iniciado.


Desde 2013, o setor de energia solar no Brasil apresenta crescimentos na ordem de 200% a 300% ao ano. Aqueles que integram esse movimento desfrutam de alguns benefícios que, em tempos de crise, se tornam ainda mais importantes.


Autossuficiência em energia

Em meio a uma recessão de proporção planetária onde o futuro se revela tão incerto, ter a capacidade de produzir a própria energia elétrica, ou pelo menos parte dela, pode ser um grande alívio. Felizmente, vivemos em um país com alta incidência de raios solares durante todos os períodos do ano, o que oferece o cenário ideal para produção de energia fotovoltaica. Nesse contexto, um sistema de placas solares bem executado pode suprir até 100% da demanda de energia elétrica residencial. Isto é, seu lar pode se tornar autossuficiente em energia limpa e renovável.



Economia nas contas de luz

Estima-se que o investimento inicial para a instalação um sistema de energia solar se pague dentro de 4 a 8 anos através da redução de gastos em contas de luz. Passado esse período, o beneficiado poderá ter, em média, 26 anos de energia elétrica gratuita, levando em consideração a média internacional de vida útil das placas fotovoltaicas. Além disso, há mais de 70 linhas de financiamento disponíveis no Brasil que permitem a aquisição da tecnologia de energia solar com pouco ou nenhum investimento. Isso se dá em virtude da economia na conta de luz que, muitas vezes, é mais substancial que o valor das parcela, tendo em vista as baixas taxas de juros que podem ser inferiores a 0,8%. Especialmente em tempos de crise humanitária, uma folga nas despesas mensais pode fazer uma grande diferença, uma vez que o valor economizado pode ser destinado a outros itens de primeira necessidade.



Uma escolha sustentável

Períodos de crise sócio-ambiental nos convidam a repensar a forma como consumimos e refletir sobre os impactos que deixamos no planeta. A produção de energia está no centro dessa discussão, e em um cenário onde os recursos naturais são cada vez mais escassos, o investimento em fontes de energia limpa e renovável se faz cada vez mais urgente. Nesse contexto, a tecnologia fotovoltaica é uma das melhores soluções, uma vez que a luz solar que incide sobre a superfície terrestre é a maior fonte de energia disponível no planeta. Os sistemas de energia solar não emitem nenhum tipo de poluentes e o consumo de água se dá somente no processo de produção das placas que têm estimativa de vida útil superior a 25 anos, o que os torna uma alternativa sustentável.


Interessado em saber como seria um projeto de energia solar na sua casa e receber e ter uma ideia de orçamento? Faça uma simulação e, caso reste alguma dúvida, entre em contato conosco.