Como o BNDeS pode ajudar sua empresa a investir em energia solar


Se você é como 60% dos micro e pequenos empreendedores brasileiros que planejam investir em fontes renováveis ou em sistemas fotovoltaicos em sua empresa, esse texto é para você. O Brasil vem apostando em políticas públicas, facilitando o financiamento do seu sonho e oportunizando o alinhamento entre propósito pessoal e empresarial.

Esses são dados de uma pesquisa realizada pelo Centro Sebrae de Sustentabilidade, onde 3.199 micro e pequenos empreendedores foram entrevistados em 2019. A conta de luz está entre os maiores gastos, atrás apenas da folha de pagamento.

Como uma alternativa, o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) oferece uma das maiores facilidades aos empreendedores: uma linha de programas e empréstimos para aquisição e comercialização de sistemas de geração de energias renováveis.

O processo é simples e pode ser feito de forma online, seguindo alguns critérios estabelecidos. Confira:

Quem pode solicitar:

● Empresas sediadas no País;

● Administração Pública;

● empresários individuais e microempreendedores;

● produtores rurais;

● transportadores autônomos de carga;

● fundações, associações e cooperativas sediadas no País;

● pessoas físicas residentes e domiciliadas no País;

● condomínios.

O que se pode financiar:

● sistemas geradores fotovoltaicos de até 375kw (geração de energia solar);

● aerogeradores de até 100kw (geração de energia eólica);

● aquecedores/coletores solares (aquecimento d´água);

● serviços de instalação dos itens acima;

● capital de giro associado aos itens acima, apenas para micro, pequenas e médias empresas (limitado a 30% do valor financiado)

Classificação de porte do cliente:

As condições financeiras do programa podem variar conforme o porte do cliente. Veja a seguir como o BNDES classifica o porte da sua empresa ou instituição:

Classificação

Receita operacional bruta anual ou renda anual

Microempresa

Menor ou igual a R$ 360 mil

Pequena empresa

Maior que R$ 360 mil e menor ou igual a R$ 4,8 milhões

Média empresa

Maior que R$ 4,8 milhões e menor ou igual a R$ 300 milhões

Grande empresa

Maior que R$ 300 milhões

Se você é um micro pequeno ou médio empresário, pode enviar sua solicitação pelo Canal MPME. Ou ir até uma instituição financeira credenciada no programa, com a especificação técnica ( você deve ter em mãos o orçamento ou proposta) do que será financiado. Na instituição você poderá tirar suas dúvidas sobre a documentação necessária, analisando a possibilidade de concessão do crédito e negociação de garantias. Após aprovada, a operação será encaminhada para homologação e posterior liberação dos recursos pelo BNDES. Ficou com alguma dúvida? Estamos aqui para te ajudar. Clique AQUI .