Ar-condicionado o dia inteiro?



Saiba como é possível aproveitar sem medo da conta de energia

Com altas temperaturas só há um desejo maior do que deixar o ar-condicionado ligado: não se deparar com a conta de luz ao fim do mês. No auge do Verão e com temperaturas tão elevadas, muitos aprendem a conviver com a linha tênue entre o refrescar e investir um alto preço. No entanto, essa realidade pode ser diferente e impactar seu bolso de uma forma surpreendentemente positiva.

De acordo com dados da Organização Meteorológica Mundial (OMM) os últimos quatro anos registraram os dias mais quentes e alcançaram os mais altos níveis do século XX. Esses dados só comprovam que os investimentos a longo prazo, capazes de minimizar os impactos ambientais, não podem sair da lista de preferência dos consumidores.

E nesse quesito as placas solares têm se mostrado a melhor opção para economia e sustentabilidade já que retém a energia solar dos dias quentes, reservando intensidade. A redução mensal da sua conta de luz pode chegar em até 95%.


E para quem utiliza o ar-condicionado somente à noite?

É aí que você soma benefícios. Ao gerar energia em “excesso” durante os dias de sol, a eletricidade volta para sua rede elétrica. Esse excesso fica acumulado para que possa ser utilizado durante a noite ou nos dias seguintes.

Dessa forma, você produz energia limpa, usufruindo de todos os equipamentos eletrônicos sem gastar a rede elétrica da sua cidade. Assim fica muito mais fácil, tranquilo e consciente deixar o ar-condicionado ligado durante o dia inteiro.


Quem aprova e indica:

O cliente da Proinst, coordenador de produção, Marcelo Felipe Holz, realizou a instalação das suas placas solares em dezembro de 2018, seu principal objetivo era reduzir os custos de energia e apoiar as fontes renováveis.

Desde então, percebeu como está gerando mais do que consumindo em uma economia mensal de cerca de R$ 500.

“Consegui trazer mais conforto para minha casa, utilizo ar-condicionado e objetivo elétricos sem medo da conta.”

Segundo ele, a conta de luz da família chegou a somar R$ 600, atualmente gira em torno de R$ 100.

“Estou muito satisfeito e indico para todos. Além do impacto no orçamento, o pessoal da Proinst possui um suporte sensacional.”

Ficou em dúvida e deseja conhecer mais benefícios? Leia o material que preparamos para tirar todas as suas dúvidas:


https://www.proinst.com.br/post/aparelhos-el%C3%A9tricos-e-consumo-de-energia-saiba-quais-impactam-mais-a-conta-de-energia


https://www.proinst.com.br/post/vale-a-pena-investir-em-energia-solar-fotovoltaica